• Da Redação

Quanto Mais Vida Melhor: após batida de carro, Neném e Paula, Guilherme e Flávia têm mais uma chance

Virada está prevista para ir ao ar a partir do sábado de carnaval (26)

Foto: Globo

Neném (Vladimir Brichta), Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage) não têm sete vidas, mas vão morrer pela segunda vez, e ganhar uma mais uma chance da Morte (A Maia). Mas esse privilégio vai custar um pouco mais caro. Depois que o carro de Paula, com Neném no banco do carona, se choca com o de Guilherme, tendo Flávia ao seu lado, os quatro terão novo encontro com a Morte. Ela lembra que o tempo está passando e eles não evoluíram, que seguem fazendo tudo errado e não mostraram que merecem permanecer vivos. Como medida mais drástica, resolve fazê-los trocar de corpos. A empresária passa a viver dentro do corpo do jogador de futebol, assim, como ele assume o dela. A dançarina de pole dance vai para o corpo do médico e vice-versa.


“A novela é uma comédia que se pretende leve especialmente no momento em que estreou, em um momento de muita dor. A empatia a gente aprende em contato com o outro. A troca é justamente se colocar no lugar do outro, para criar empatia. Isso dura bastante tempo. A gente tem dois momentos em relação a novela: a comicidade, mas a gente tem um fato novo que é algo que dura bastante tempo. Isso tem algo de inusitado que a gente só vai ver no ar, assistindo”, comenta Vladimir Brichta, que aproveitou para se divertir em cena, quando precisou subir no salto alto: “Eles acharam que seria tipo um dromedário tentando se equilibrar em um skate ou um pelicano bêbado, mas não. Mandei bem ali, modéstia à parte (risos)”.


Para a virada prevista para ir ao ar a partir do sábado de carnaval (26), Mateus Solano foi o protagonista que passou pela maior transformação. Guilherme, um médico arrogante e vaidoso, troca de corpo com Flávia, uma dançarina de pole dance descolada e cheia de atitude. Então, quando a jovem passa a viver no corpo dele, sua primeira atitude é mudar a cor de seu cabelos. E Guilherme, com a personalidade de Flávia, vai até o salão de Nedda (Elizabeth Savalla) transformar o look que a dançarina considera careta. Rachel Furman, caracterizadora da novela, fez a mágica com uma peruca loura, implantada fio a fio e sob medida para o cabelo de Mateus, que em cena, aparecerá louro por 11 capítulos. Além disso, Mateus garante que não decepcionou nas cenas em que precisou dançar, já que Flávia é dançarina da boate Pulp Fiction. “Eu arrasei no pole dance”, afirma.


A mudança também aproxima o casal. Os dois finalmente vão se entregar a paixão, que, na internet, é shippada e tem torcida enorme com a hastag #FlaGui. “Definitivamente, essa troca vai unir esses dois. Isso é um fato. Eles precisam um do outro, assim como a Paula e o Neném. Certamente eles vão se embolar aí. Vai ser muito bom para comunidade FlaGui porque estaremos muito juntos”, celebra Valentina.


Giovanna Antonelli conta que aproveitou a mudança para aprender um novo esporte.“Vocês não sabem como eu estou arrasando na embaixadinha (risos). Arrasando não, tenho uma dublê maravilhosa, mas me matriculei no futevôlei, fui para a praia e falei 'preciso aprender a jogar bola!'. Só que cheguei lá e não sabia o que fazer. Fiquei uns meses para aprender o básico para tentar ajudar a dublê”, entregou a atriz.