• Da Redação

Patrícia Leitte comenta mudança de vida após rejeição no BBB: "precisei vender meu carro"

Eliminada com votação recorde no BBB18 contou como sobreviveu ao "cancelamento"

Foto: Reprodução/Instagram

A ex-BBB Patrícia Leitte participou do PODMIGA desta quinta-feira (4) e falou de como lidou com rejeição e cancelamento após sua passagem polêmica pelo BBB18. Patrícia era a dona do recorde de rejeição em paredão triplo até o início do BBB 21 e comentou como a desaprovação do público impactou em sua vida nos primeiros meses de volta ao "mundo real".


A influenciadora disse que precisou vender o seu carro, único bem que possuía, para pagar suas contas após a participação no Big Brother Brasil.


"Foi um filme de terror! Os dois primeiros dias eu não dormi. Fiquei no hotel chorando com minha mãe e irmã contando como estava a minha situação aqui fora, inclusive minhas contas que eu não tinha dinheiro para pagar. Precisei vender meu carro pra pagar, só ouvi coisa ruim (...) Eu estava sem um tostão. Aluguel atrasado, condomínio atrasado. Vendi meu carro por preço de banana. O bem que eu tinha eu vendi para começar a pagar minhas contas", contou Patrícia ao PODMIGA.

A ex-BBB também explicou que seu filho Michael David, sofreu bullying na escola e sua família recebeu ameaças de morte. "Minha irmã desenvolveu síndrome do pânico e meu irmão depressão", relatou.

Ainda ao Podmiga, ela contou que a situação financeira não foi o pior dos males pós-reality. Escute a entrevista completa com Patrícia Leitte no seu agregador de podcast favorito através do links:

Spotify

Deezer

Apple

Google Podcasts