• Da Redação

Monica Iozzi diz se arrepender de entrevistas com Bolsonaro: "foi muito mais inteligente do que eu"

A atriz fazia coberturas no Congresso quando era repórter do CQC

Foto: Reprodução/Instagram

A atriz e apresentadora Monica Iozzi revelou ao apresentador Pedro Bial, durante o programa Conversa com Bial desta terça-feira (1º), que se arrepende das entrevistas que fez com o atual presidente Jair Bolsonaro quando era repórter do programa CQC, na Band.


Monica disse que o programa serviu de palanque para o presidente e que seu objetivo com as reportagens era denunciar a má formação parlamentar. "Quem mais deu voz a Jair foi o CQC, a gente não pode se eximir dessa culpa e, sim, eu me arrependo de ter falado com ele tantas vezes", contou.


A atriz reconheceu que o atual presidente utilizou a visibilidade do programa para espalhar seu discurso. "Bolsonaro foi muito mais inteligente do que eu. Ele sabia que podia se utilizar da oportunidade que o programa proporcionava para espalhar o seu discurso. Ele ainda não era um cara muito conhecido, então, para ele era bom", relatou.


Atualmente, Monica esta em Portugal, gravando uma participação na série baseada no livro “A Crônica dos Bons Malandros”, de Mário Zambujal.


RECEBA MEUS EMAILS

  • TikTok
  • Branca Ícone Spotify
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone

© por Kadu Brandão. Ih, Miga! - Desde 2016

  • TikTok
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Spotify
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube