• Erem Carla

Gretchen rebate críticas sobre festa de casamento na pandemia: "também sou do grupo de risco"

Esse é o 18° casamento da cantora

Foto: Reprodução/Instagram

Na tarde de quarta-feira (2), a cantora Gretchen comentou as críticas que vem recebendo sobre a festa do seu casamento com o saxofonista Esdras Souza. A celebração será em Belém (PA), cidade natal do noivo da cantora, no dia 30 de setembro.


Segundo Gretchen, o casamento será uma cerimônia ao ar livre, em uma balsa no rio, restrito a 100 pessoas, no Restaurante Ilha. "Tem muita gente me cobrando porque vou fazer uma festa para 100 pessoas. Em primeiro lugar, estou em um estado que a pandemia já está estabilizada. Em segundo lugar, vai ser feito o evento em um local, que cabe mais de 200 pessoas, para 100 pessoas. Isso também pode", explicou.


A cantora também falou sobre as medidas que serão tomadas durante a celebração. "Todo mundo vai estar de máscara com distanciamento social, também pode. Lógico, que tenho 61 anos e não sou nenhuma maluca, pessoa que não tem senso, que não sabe que eu também sou do grupo de risco", disse.


Gretchen disse que de qualquer forma, a cerimonia ainda espera o decreto de permissão do governo estadual. "E mesmo assim, só confirmarmos tudo depois do governo estadual baixar o decreto de permissão de eventos para até 150 pessoas”, afirmou.


Por fim, Gretchen deixou uma mensagem para as pessoas que se dizem decepcionadas com a atitude dela. "A gente também tem que viver em meio à pandemia, respeitando os limites, as normas da OMS e os decretos do governo. A gente também tem que dar oportunidades para as pessoas que vivem disso. Vocês não estão pensando nas pessoas que são cerimonialistas, de buffet. E também com toda consciência do mundo, estamos abrindo oportunidade de emprego e oportunidade para essas pessoas se sustentarem com os trabalhos dela. Não estou desrespeitando nenhuma regra. Estou abrindo oportunidade de trabalho para as pessoas do nosso meio, que precisam sobreviver", declarou.