• Da Redação

"Estão brincando com sonhos, nem tudo é só audiência", alerta chef sobre MasterChef

Cândida Batista foi a única brasileira a participar do primeiro Hell’s Kitchen Portugal

Divulgação / CO Assessoria

A oitava temporada do MasterChef Brasil estreou nesta terça-feira (6), às 22h30, na Band TV. Conhecido por oferecer uma experiência marcante e de repercussão nacional aos chefs de cozinha, o programa também ganha telespectadores pelas grandes broncas e pressões de renomados chefs jurados.


A chef Cândida Batista, que foi a única brasileira a participar da primeira edição do Hell’s Kitchen Portugal, relembrou os momentos tensos que viveu e fez um alerta ao novo MasterChef. "Os jurados precisam lembrar que eles estão lidando com sonhos. A pressão faz parte da nossa profissão, mas já vi colegas quase desistirem de seguir com seus sonhos por causa de toda atenção desnecessária".

Cândida disse que espera por uma competição mais saudável nesta edição. "Nem tudo é audiência, existe uma vida fora do programa também além de muitos sentimentos envolvidos ali em toda essa exposição. É preciso ter cuidado", opinou.

Em 2014, uma das maiores broncas foi quando a participante Sandra colocou sal no lugar do açúcar para finalizar seu "petit gateau". Os jurados chegaram a cuspir a comida de volta para o prato. Em outro episódio de 2016, o jurado Jacquin afirmou que um dos pratos elaborados pelo participante Aluísio (macarrão com caldo de porco) era uma das piores coisas que ele já tinha visto no programa. "São situações inacreditáveis", finalizou Cândida.