• Da Redação

#EsquentaBBB: Relembre quem foram os 18 vencedores do Big Brother Brasil


Com a chegada de um novo ano, chega também uma nova temporada do Big Brother Brasil. No próximo dia 15, o público vai conhecer os participantes que vão disputar a 19ª edição do programa. Mas, até lá, o @ihmiga preparou um #EsquentaBBB para todo mundo relembrar quem já saiu milionário da casa mais vigiada do Brasil.


Vocês lembram quem ganhou cada edição do BBB? Pois é, nem eu. Então, vamos lá porque a lista é grande.


BBB 18: Gleici Damasceno


Todo mundo lembra da Gleici, né? Acreana, estudante de Psicologia, integrante da melhor dupla da edição (Gleiciana), militante dos Direitos Humanos e grande merecedora do prêmio. Menos de um ano depois da edição, ela segue plena, mas agora no Rio de Janeiro, e continua namorando Wagner Santiago. Uma boa resposta pra quem menosprezou o romance dos dois durante o confinamento.



BBB 17: Emilly Araújo (tem que falar, né?)

Nenhum competidor é unanimidade, mas Emilly Araújo é uma das vencedoras mais criticadas pelo público. Premiada com o forte engajamento de seu fandom, a jovem do Rio Grande do Sul deu o nome à edição. Foi a graças a ela que a disputa começou entre gêmeos e seu relacionamento abusivo com o médico Marcos Harter levou a polícia até os estúdios Globo. Quase tarde demais, ele foi expulso por agressão.


BBB 16: Munik Nunes


Mas se Emilly não foi tão querida, sua antecessora agradou muito mais. Munik formou um trio na casa com Dona Geralda e Ana Paula Renault, que acabou expulsa. Sensata e racional, a goiana venceu Cacau por 6 a 0, somando os votos das cinco regiões do Brasil mais SMS e telefone.


BBB 15: Cezar Lima

Tão controlado que parecia ter gravado uma receita para vencer o reality, Cezar Lima venceu. O caubói de jeito simples, do interior do Paraná, parecia até caricatural. Mas, verdadeiro ou não, fato é que ele agradou a maioria do público votante e levou a bolada de R$ 1,5 milhão para casa.


BBB 14: Vanessa Mesquita


Van foi das vencedoras que entraram na casa pra se divertir. Brigou pouco, beijou muito e teve com a DJ Clara Aguilar uma das relações mais bonitas. ClaNessa, como o casal era chamado aqui fora, foi uma parceria de namoro e amizade que levou as duas à final do programa.


BBB 13: Fernanda Keulla


No melhor estilo "viver a casa", Fernanda é outra que também vibrou, dançou, namorou, brigou, namorou mais ainda, fez amizades, vivenciou drama entre os amigos e se dedicou a cada prova do jogo. Saiu do reality com R$ 1,5 milhão e um namorado, André Martinelli. Quase seis edições depois, a relação já não existe, mas ela segue como repórter do BBB na Globo.


BBB 12: Fael Cordeiro


Como o público do programa não resiste a um caubói, o veterinário Fael Cordeiro botou seu chapéu e sua bota e foi buscar o prêmio. Ele venceu uma edição marcada pela rivalidade entre a turma da Selva, vilanizada pela edição, e pela galera da Praia. Não é preciso muito pra saber onde o caubói se encaixou, né?


BBB11: Maria Melilo


A campeã da edição nº 11 também foi emoção pura. Maria ficou com Mau Mau, que saiu, voltou e esnobou muito ela, sem saber que estava favorecendo a mulher que sairia vencedora da competição. Até que Maria cansou de correu atrás, deu uns bons beijos em Wesley e ganhou o prêmio de R$ 1,5 milhão.


BBB10: Marcelo Dourado


Num ano de segundas chances, Marcelo Dourado (BBB4) integrou o grupo de ex-BBBs escalados para retornar ao reality e se sagrou campeão. Sua primeira participação tinha sido na quarta edição quando se envolveu com Juliana Lopes e a argentina Antonela.


BBB9: Max Porto

Entre razões e emoções, a audiência do BBB9 escolheu a racionalidade do artista plástico Max, que disputou a final com sua então namorada, Francine Piaia. O vencedor é tão estrategista que, em 2017, chegou a oferecer consultoria para quem queria entrar no reality.


BBB8: Rafinha

Novinho, bonitinho... Rafinha entrou comprometido no Big Brother e passou no teste de fidelidade proposto pela edição. O rapaz foi muito paquerado pelas colegas de confinamento, mas ganhou pontos com o público por se manter fiel a namorada que tinha fora da casa.


BBB7: Alemão

Duvido que algum fã do reality tenha esquecido dessa edição. Diego Alemão e Íris Stefanelli protagonizaram um romance com direito ao hit "Big Girls Don't Cry", de Fergie, como trilha sonora. A novela foi tão bem feita que eles formaram até um triângulo amoroso com Fani (Uhul, Nova Iguaçu!) e, claro, eram os bonzinhos perseguidos pela turma de vilões. Bombardeada pelos estrategistas assumidos, Íris parecia favorita no início, mas quando emparedaram o casal, Alemão foi escolhido para voltar e, naquele momento, se sagrou campeão.


BBB6: Mara


Sorte é para poucos, mas a baiana Mara mostrou que tem. A candidata entrou no BBB por sorteio e, com sua história de luta, conquistou o público. Com o prêmio de R$ 1 milhão, ela bancou um tratamento para a filha que não conseguia andar após sofrer uma lesão cerebral e comprou uma pousada em Porto Seguro.


BBB5: Jean Wyllys

Outro que ninguém esquece é o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ). O baiano de Alagoinhas participou de uma das melhores edições do programa ao lado de Grazi Massafera, que viria a se tornar atriz. Com ela, Pink e outros participantes, Jean formou o grupo de mocinhos da temporada que, literalmente, dividiu a casa entre heróis e vilões.


BBB4: Cida

Primeira mulher a vencer um BBB, Cida revelou que perdeu a fortuna após sofrer um golpe aplicado por uma ex-assessora. Pelo menos ao longo da programa, a ex-babá descobriu o prosecco e era só alegria nas festas.


BBB3: Dhomini

Na terceira edição, o vencedor do reality foi Dhomini. Mesmo comprometido fora da casa, ele se envolveu com Sabrina Sato, hoje apresentadora da TV Record. Anos depois, em 2013, Dhomini ganhou uma nova chance no BBB, mas saiu do jogo na segunda semana.


BBB2: Rodrigo Cowboy

Se você chegou até aqui, já percebeu que o programa e seu público adoram um caubói. Pois então, o primeiro a sair vencedor com esse perfil foi Rodrigo Leonel, que ficou mais conhecido como... Rodrigo Cowboy. Sem sorte, o peão contou que perdeu boa parte do prêmio, na época de R$ 500 mil, em investimentos que não deram certo. Longe da mídia, seu nome voltou aos holofotes em 2007 quando ele foi preso sob suspeita de estelionato na Festa do Peão de Barretos. Com o pagamento de multa de R$ 30 mil, Cowboy deixou a prisão.


BBB1: Kléber Bambam


Como dizem que o primeiro a gente nunca esquece, aposto que vocês lembram de Kléber Bambam. Campeão número um, o dançarino fez história no programa com a boneca Maria Eugênia e ajudou a popularizar o hit “Olha a Onda” do Tchakabum. Hoje, ele é muito lembrando por vídeos em que tenta expulsar o monstro da jaula na academia.

Ufa! Chegamos ao fim dessa longa lista. E agora, prontos pra dar uma espiadinha? Vamos espiar juntos por aqui.


Ah, pera! Vamos deixar esse vídeo para vocês...


*Ailma Teixeira é jornalista, apaixonada por música, livros e séries e vai usar esse espaço pra dividir um vício com vocês: reality shows


RECEBA MEUS EMAILS

© por Kadu Brandão. Ih, Miga! - Desde 2016

  • Branca Ícone Spotify
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Spotify
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube