• Da Redação

Após um hiato, Dibob relança "A Ópera do Cafajeste" e prepara nova música

Banda carioca de rock presenteia os fãs e estreia o icônico álbum nas plataformas digitais

Foto: Divulgação

Uma das principais bandas do início dos anos 2000 no cenário do rock nacional, Dibob foi criada nas areias da praia do Leblon, no Rio de Janeiro, por quatro jovens que cresceram ao som de grupos como Pennywise, Blink182, Guns and Roses, Beatles, Sublime e NOFX.


Dedeco, Miguel, Gesta e Faucom criaram hits empolgantes e lotaram casas de shows Brasil afora. Após um hiato, o Dibob entra para o casting da Olga Music, selo criado em parceria com a distribuidora ADA, e lança nas plataformas de streaming "A Ópera do Cafajeste", disco de 2007, que até então encontrava-se apenas no modelo físico.

"Relançar a Ópera nas plataformas era algo que já queríamos há tempos. Isso mexeu com a gente de uma forma muito positiva. Motivou até a gravarmos músicas novas. Sempre fomos muito amigos, mas esse episódio específico trouxe à tona muitos sentimentos legais que a gente tinha guardado daquela época. A galera que curte Dibob sempre nos perguntava sobre colocar a Opera nas plataformas. Então, acredito que a recepção vai ser a melhor possível. Acho que não era só a gente que estava com saudade dessa época", comenta Gesta.

Segundo a banda, um novo lançamento também está a caminho. Após uma conversa, foi decidido que o primeiro passo para esse novo momento é uma música inédita, que tanto os fãs pedem. E a escolha por uma letra que exalta alegria não foi à toa, o grupo se mostra preocupado com a situação atual do país e quer levar esperança e animação para o público, através do seu som.

A Ópera do Cafajeste


Composto por 13 faixas, o álbum conta a história de um homem recém-solteiro que se envolve ao mesmo tempo com várias mulheres e acaba levando a pior por querer ser malandro. A opereta rock começa com a faixa "Já Era", em que o personagem tenta superar o término do namoro, incentivado pelos amigos a procurar outras mulheres. A música foi sucessos nas rádios e ganhou um clipe caseiro, produzido pela própria banda, disponível no YouTube. Outra faixa que se destaca no disco é "Bang-Bang", incorporada na trilha sonora de "Malhação" (TV Globo) na época e que também ganhou um videoclipe exibido inúmeras vezes pelos programas de TV.

O álbum possui ainda novas versões de "Amante Profissional", imortalizada pelo grupo de rock dos anos 1980 Herva Doce, e "Nosso Sonho", funk da dupla Claudinho e Buchecha, além da faixa-bônus "Emprego Novo", um rock-baião de autoria da banda.


Ouça: